quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Como contrariar as rotinas e manter a calma?

Hoje, e de forma mais complicada, percebi a verdadeira dificuldade que é, uma simples mudança de rotina no João.
Estou aqui que nem imaginam e só me apetece chorar, mas de facto não há manuais que nos digam o que fazer nestas alturas e a calma por vezes também se mostra difícil de controlar.
Preparava o João para a escola como faço todos os dias mas hoje, ao vestir-lhe um simples casaco para a chuva, ele recusou-se determinantemente. Fez uma grande birra, deitou-se ao chão "arrancou" o casaco e parecia estar num sofrimento imenso.
Foi um verão inteiro a andar de manga curta e quando veio este tempinho mais frio foi uma dificuldade para lhe vestir algo com mangas mas assim como hoje e só por lhe vestir o casaco é que foi a gota de água. Enervei-me por o ver assim mas mantive a calma tentando colocar-me no lugar dele e na dificuldade de aceitar um simples casaco.
Resumindo, mesmo a chuviscar e estando frio , foi para e escola como uma simples sweatshirt e sempre a pedir colo.


Cheguei à escola de rastos e  a conter as lágrimas, salvou-me ou consolou-me, vê-lo feliz a juntar-se aos coleguinhas da sala enquanto olhava para mim com um sorriso....

2 comentários:

  1. Mariana, a paciência, é um dos ingredientes, mais precisos, para o Joãozinho. Eu, calculo, a tua aflição, o tempo estar a chuviscar, e ele não querer, o casaco, sabes? Penso, que talvez precises, de a brincar ires introduzindo, as peças de roupa, a pouco e pouco, e nunca na altura de saires, pois aí, vais ficar ansiosa (o tempo), e esse sentimento não te ajuda a ti nem ao Joãozinho. Querida, tudo o que precises de alterar, tenta não fazer na hora, e sim antecipares, precisas de te poupar. Vai correr tudo bem, com AMOR tudo se resolve. Todos nós precisamos do "nosso" tempo, para nos habituarmos seja ao que for. O Joãozinho, tem também o "tempo" dele. Mariana, não guardes as lágrimas, se precisares de chorar chora, pois só os fortes têm a ousadia de o fazer, claro, nunca ao pé do João, mas, desabafa. Um abraço cheio de carinho pra ti, e outro para o Joãozinho, se ele aceitar, se não, fica no "ar" mas, dado.

    P.S. Se precisares de algo, estou deste lado, para o que precisares...

    I.M.

    ResponderEliminar
  2. já tive "pegas" dessas com o Gui! até o simples calçar as meias! ele que nem é muito picuinhas com a roupa!
    quando tiver de chorar, chore! eu armei-me em forte e não chorava! 6 meses depois do diagnóstico, veio o dilúvio! agora choro quando preciso, ajuda-me a ganhar forças para seguir em frente!!

    ResponderEliminar

Toda a ajuda e feedback são bem vindos por isso, obrigada pelo carinho e comentário.